Notícia
Adaptação Escolar


  Sabemos que o período de adaptação escolar nem sempre é fácil para a criança, pais e profissionais da escola. Também sabemos, que muitas vezes os pais sofrem bem mais que as crianças, talvez pela difícil tarefa de separação do filho ou até mesmo por lembrar da sua adaptação na escola.

  Então vamos lá, esse texto irá te auxiliar para que o processo de adaptação de seu filho (a), seja mais leve. 

  As crianças precisarão encarar a famosa regrinha escolar, com a rotina pedagógica pela primeira vez. Nesse caso, mantenha o diálogo com ela, explicando que está crescendo e que precisa de um espaço para aprender coisas novas e brincar com outras crianças.
 
Uma excelente dica
:
  Participe a criança na hora de comprar o material, isso ajuda a prepara-la. Mas tenha muito cuidado para não transformar essa preparação em ansiedade, ou seja, não introduza o assunto muito tempo antes.

  Atenção papais e mamães: 
  Durante o período de adaptação, se prometer cumpra. Mantenha os horários alinhados com a escola. Durante o período de adaptação, é fundamental que a criança se sinta segura e perceba que está no meio de pessoas dignas de sua confiança.

  Jamais minta para a criança ou saia de fininho, isso poderá dificultar as coisas para a equipe escolar e principalmente para adaptação da criança. Converse sempre com o seu filho (a), explique que vai embora, mas que retornará para busca-la. Faça exatamente o que prometer.

  Importante:
  É muito importante os pais estarem seguros e manterem o equilíbrio entre o aconchego e a firmeza, pois a primeira semana de adaptação naturalmente irá deixar a criança mais sensível. Essa mudança de rotina poderá trazer medos, inseguranças, frustrações, irritação, e muitas vezes acompanhados de muito choro. Nós adultos, devemos aprender a lidar com essas emoções, pois é uma etapa importante do desenvolvimento da criança e blinda-la dessa etapa, só a deixará mais frágil.

  Dica 1: Quando o choro surgir, com muita calma e clareza, reforce para a criança que a escola é importante, que sabe que ela está sofrendo, mas que também sabe que é forte e irá superar. Sempre valorize a escola para ela.
Entendemos que é uma tarefa dolorida e difícil para os pais, mas que exige firmeza e paciência, para que possa acolher a criança da melhor forma possível e já ir preparando para as etapas posteriores sem traumas.

  Dica 2: Precisamos do auxílio dos pais para uma adaptação mais tranquila. Vamos nos atentar com os horários de colocar as crianças para dormir, pois o cansaço e sono são inimigos para o processo de adaptação. Se os pais tiverem oportunidades, adaptar a criança na rotina que será seguida na escola (em casa) uns 10 dias antes.

  Preparação dos Pais:

  Os pais precisam estar preparados para lidar com o sentimento da tristeza e da dor da separação ou pelo menos aceita-lo.
  No caso de mamães que ficam com a criança na maior parte do tempo, uma dica para trabalhar nesse sentido, é iniciar um processo de “separação” antes do início das aulas. Leve a criança para casa de um familiar e vá fazer algo que gosta, ou resolver alguma coisa. Será um pequeno treinamento longe um do outro.

  Estimule a confiança e independência do seu filho (a). Lembre-se que a criança é como uma esponja, ela irá absorver o que você está sentindo. Nesse caso, ofereça o que há de melhor para essa criança, confiança, firmeza, incentive ela a crescer não só fisicamente, mas também psiquicamente.
 
  Por Viviani Ribeiro (CRP/SP111176), Psicóloga do Colégio Renascer 
                                                                                                                 
 
 
 

Faça parte da família Colégio Renascer Sorocaba, a qualidade de ensino e valores éticos estão presentes em todos os níveis de ensino.